Páginas

segunda-feira, 7 de setembro de 2020

Bom Regresso, Boas Leituras!


A equipa da Biblioteca Escolar 
deseja a toda a comunidade educativa, 
 um ótimo ano letivo de 2020/2021


quinta-feira, 2 de abril de 2020


                                                                   COMUNICADO 

Na sequência da decisão tomada pelo Conselho de Ministros no dia 12 de março de 2020, informa-se toda a comunidade que, a partir de 16 de março, inclusive, cessam todas as atividades letivas presenciais nas unidades escolares do Agrupamento, para garantir a eliminação dos contactos sociais não essenciais e garantir ao máximo o isolamento profilático necessário à minimização da disseminação da epidemia de COVID-19.
Recomendo a todos que cumpram rigorosamente as regras de higiene amplamente divulgadas, bem como as de distanciamento social. É de extrema importância que todos percebam que não se trata apenas de um momento sem aulas, mas sim de uma emergência de saúde pública, que a todos responsabiliza na contenção da participação dos alunos em atividades, iniciativas e deslocações que potenciem o contágio.
Informo ainda que:
1. As unidades escolares do Agrupamento estarão encerradas com exceção do edifício da escola Sede, EB da Trafaria, apenas para funcionários, professores e direção;
2. Encontram-se ainda suspensas todas as atividades extracurriculares envolvendo alunos;
3. Serão asseguradas as refeições apenas aos alunos com escalão A do Agrupamento, sendo distribuídas em regime de take-away, na portaria da escola sede, diariamente, entre as 12h e as 13h.
4. O acesso aos edifícios pelos elementos da comunidade deve ser substituído pela comunicação eletrónica – por exemplo por email – preferencialmente para os docentes responsáveis por cada aluno ou para os serviços administrativos – secretaria@aetrafaria.pt – em caso de necessidade
administrativa urgente; 
5. O acesso presencial ao edifício carece de autorização prévia solicitada por via eletrónica;
6. Em caso de infeção confirmada pelo COVID-19 de algum elemento da comunidade educativa deve o próprio ou alguém que o represente informar imediatamente a direção do Agrupamento (covid19@aetrafaria.pt);
7. Os alunos e/ou Encarregados de Educação devem consultar regularmente os meios eletrónicos de comunicação – email, Página eletrónica do Agrupamento (www.aetrafaria.pt) e Plataforma Digital Trafaria Mais (www.trafariamais.pt) onde serão disponibilizados os materiais educativos e atualizada a informação necessária, incluindo a abertura de secção de Biblioteca Virtual.
8. Informa-se ainda que as plataformas da Leya (Aula Digital) e Porto Editora (Escola Virtual) estão excecionalmente abertas a todos os alunos, neste período, pelo que poderão usar os materiais destas plataformas;
9. Qualquer pedido de esclarecimento adicional deve ser solicitado por via eletrónica ou telefonicamente para o número telf: 212918220.
Trafaria ,16 de março de 2020
A Coordenadora das BE do AE Trafaria
Texto em conformidade com o comunicado do Diretor
Sandro Batista Gonçalves

quinta-feira, 9 de janeiro de 2020

Agrupamento de Escolas da Trafaria 
Escola sede do AE Trafaria 

Momentos mágicos dinamizados pela Equipa da Biblioteca Escolar do Agrupamento de Escolas da Trafaria

 Apontamento de Animação sociocultural com a colaboração entusiasta de alunas, que previamente tiveram uma aulinha de colocação de voz e que, entre música e animação, distribuíram um miminho de oferta para todos os alunos da Escola Básica, cuja adesão foi total, num ambiente de alegria e de uma vibrante boa disposição. 

 Numa escola multicultural com crianças oriundas de vários países, professando diversas religiões, cabe-nos o acolhimento humano, pedagógico e cultural e o seguinte desejo: a crentes, descrentes, agnósticos, ateístas, teístas, beatos, cépticos, santos, santinhos (de pau carunchoso) duendes, diabinhos, diabretes, gnomos, princesas, bruxinhas, figuras antropomórficas, soldadinhos de chumbo e aos demais que o imaginário simbólico perpetue nas páginas dos livros, acervo das nossas bibliotecas,
Votos de saúde e paz!
Um agradecimento especial à nossa Assistente Operacional, Landa Coimbra (sempre com tanta competência, energia e paciência para nos aturar...)

 Equipa da Biblioteca Centro de Recursos

quarta-feira, 27 de novembro de 2019

Após um apontamento poético feito pela Senhora Presidente do Conselho Geral, Dra. Rita Esperança, a autenticidade e a determinação marcaram o discurso proferido pelo Dr. Sandro Gonçalves, aquando a sua Tomada de Posse como Diretor do Agrupamento de Escolas da Trafaria, que decorreu na Biblioteca Escolar perante um acolhimento de sala cheia.

segunda-feira, 25 de novembro de 2019


TOMADA DE POSSE DO DIRETOR
DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA TRAFARIA

Na BECRE




“É no cumprimento do meu dever, enquanto Presidente do Conselho Geral, que tenho o prazer de convidar todos os elementos da comunidade escolar do Agrupamento de Escolas da Trafaria a estarem presentes, na próxima segunda-feira, dia 25 de novembro, às 18 horas, para a tomada de posse do Diretor Sandro Batista Gonçalves, eleito em Conselho Geral, no passado mês de outubro.

Espero a presença de todos

A Presidente do Conselho Geral
Rita Esperança”
                                                        

                                                              A Coordenadora da BECRE,

                                                               ____________________
                                                                    (Manuela Richter)


quinta-feira, 21 de novembro de 2019

“Um povo que não ajuda ou não fomenta o seu Teatro, se não está morto, está moribundo”
Federico García Lorca

É tão bom ir ao Teatro, melhor ainda é trazer o Teatro à escola!

Público-alvo: todos os alunos, docentes e assistentes operacionais da Escola Básica da Trafaria

Estreia da peça Esboços Para Uma Cin-der-Ela Integrada na 23ª Mostra de Teatro de Almada decorreu no dia 12 de novembro às 11h no ginásio da AE Trafaria perante cerca de 150 crianças, devidamente autorizadas pelos seus encarregados de educação e perante os docentes que assumiram a responsabilidade de levarem os alunos ao teatro, sem que houvesse quaisquer ocorrências de indisciplina.

Obrigada a docentes e assistentes operacionais e parceiros: Câmara Municipal de Almada; Pelouro da Cultura, na presença da Dra Patrícia Teixeira e do Dr. Vasco Branco; Teatro ABC.PI; Agradecimento também à Exma. Sr.ª Presidente do Conselho Geral do Agrupamento de Escolas da Trafaria; à atriz Adriana Melo, que ante as dificuldades de reorientar um espaço que não era um palco, condicionando os efeitos de sonoplastia, atuando a “solo” levou a bom porto a estreia da peça, interagindo sempre com os alunos, seu objetivo primordial.

Parabéns à equipa da BECRE do AE Trafaria por dinamizar este projeto de continuidade aprovado no final do ano letivo de 2018/19 e atual 2019/20.

Parabéns alunos da Escola Básica, pelo acolhimento e bom comportamento.


“Esboços Para Uma Cinderela, baseado no texto de Catarina Vieira da Silva Cin-der-Ela, lida com os dilemas interiores que estão presentes na fase de transição de criança para o início do processo para a vida adulta. Faz-nos ponderar a necessidade de ouvir os mais jovens sem julgamento ou condescendência para assim podermos ajudá-los a chegar a um entendimento pleno das suas emoções.” (excerto de texto do Teatro ABC.PI).


« A Busca da Expressão »

Workshop laboratório Integrado na 23ª Mostra de Teatro de Almada

De acordo com o questionário (tratamentos de dados) que mede o grau de satisfação dos alunos, o balanço desta atividade, tendo a exploração do “Eu” como principal foco, foi Excelente!

Agradecimentos aos parceiros:

Câmara Municipal de Almada; Teatro ABC.PI e BECRE do AE Trafaria – projeto de continuidade aprovado no final do ano letivo de 2018/19  e  atual 2019/20.

Esta atividade, realizada nos dias 4 e 5 de novembro, inicialmente prevista para 3 turmas de 6º ano, veio a ser, afinal, mais abrangente, a pedido de vários alunos e encarregados de educação e por motivos de agilização de procedimentos (alunos com testes sumativos) alargou-se ao 3º ciclo, aumentando o número de alunos, num total de 48, com as devidas autorizações para o efeito.

Teve como dinamizar o ator e bailarino Magnum Soares que transformou maravilhosamente os grupos de alunos distribuídos pelos turnos da manhã de ambos os dias até às 13 h e 30m. Entendeu-se que, devido ao excesso de participantes (para o inicial previsto) era fundamental um espaço alargado. Agradecemos a disponibilização do ginásio por parte das professoras de educação física, o apoio dos docentes, dos diretores de turma, coordenadora dos DT, assistentes operacionais e equipa da BECRE.

Termino respeitosamente (excerto da mensagem de abertura do ano letivo)  com as palavras da Exª Senhora Doutora Manuela Pargana Silva, Coordenadora da Rede de Bibliotecas Escolares,


“(…)  é imperativo encontrar novas formas de fazer, dentro e fora da sala de aula. As escolas são convocadas a adotar soluções criativas, a fomentar e a implementar parcerias, a gerir os currículos, adequando-os aos diferentes contextos.”


Por Manuela Richter

Já se imaginou numa sessão de risoterapia teatral?

“O Teatro deve interpretar a realidade, mas deve também ajudar a transformá-la” Teatro da Libertação ou Teatro do Oprimido, Augusto Boal
No Teatro Pedagógico Social ou Educativo trabalham-se variados condutores, como a Criatividade. O teatro tem o poder de transformar o mundo, de interagir e de articular várias linguagens multi expressivas: trabalho de texto, enfático, dramático, silencioso, mimético, gestual, musical, colocação vocal, expressão corporal, circense, expressão não-verbal e verbal, trabalhos comportamentais, jogo de silêncio, jogos chamados de confiança, que muito contribuem para o respeito grupal, valores éticos e de Cidadania e da Paz.
Para haver teatro, tem de existir comprometimento consigo e com o outro (alteridade). E são visíveis as infinidades dos benefícios educativos e pessoais, até às alterações positivas aos níveis da saúde física e mental.
Já se imaginou numa sessão de risoterapia teatral?
Experimente!

“Se quer resultados distintos, não faça sempre o mesmo”

Albert Einstein

A alteridade na Arte de Escutar
Escolhe o livro, abre-o e vamos à leitura enfática

Saber escutar é construir a verdadeira comunicação, via para o relacionamento humano. Procurar compreender exige coragem e consideração. É abrir a porta até ao interior de outro e de si. É arte que nos aproxima do desconhecido. Saber escutar é construir significados linguísticos expressivos.
Menos interessa “ouvir um conto” se não o souber escutar, para se apropriar do seu sentido, do seu valor, da partilha na cumplicidade.
Christian Dunker (por exemplo) aponta a ausência do “saber escutar” como a renúncia da aproximação do outro ou a renúncia da posição de poder (autoritarismo).

Hora do conto – Atividade realizada na BECRE do AE Trafaria entre as professoras Ana Diogo, Vera Jerónimo e Manuela Richter

Após a leitura, a corrida às requisições de livros.


Um agradecimento à Landa Coimbra, competente Assistente Operacional!